REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

domingo, 13 de novembro de 2011

Agente penitenciário federal é detido com carro roubado

Reportagem tribuna do norte -- O agente penitenciário federal Thiago Cavalcante de Oliveira, de 24 anos, foi preso na manhã deste domingo (13) pela Polícia Rodoviária Federal, dirigindo um veículo roubado. O agente apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele afirma que não sabia que o veículo era roubado.
Emanuel AmaralVeículo tinha placa clonada de Cabedelo, no interior da Paraíba
Veículo tinha placa clonada de Cabedelo, no interior da Paraíba



Durante a manhã, o agente fez uma ultrapassagem proibida em frente ao posto da PRF, em São José de Mipibu, derrubando os cones e seguindo em alta velocidade. Os inspetores da PRF iniciaram a perseguição ao Corolla prata, que aumentou a velocidade ao perceber que estava sendo perseguido. No entanto, os policiais conseguiram fazer a interceptação na BR-101, próximo à entrada para Pium. 


Conduzido ao posto da PRF em São José de Mipibu, o condutor se recusou a fazer o teste do bafômetro. Os policiais conferiram a placa do veículo e, ao levantarem as informações, confirmaram que também se tratava de um Corola, de Cabedelo, na Paraíba. No entanto, ao conferirem o chassi do veículo, observaram que a placa era clonada e que o carro, na verdade, havia sido furtado no dia 24 de fevereiro, em João Pessoa.

Emanuel AmaralAbadá do Muitos Carnavais foi encontrado dentro do carro guiado pelo agente penitenciário
Abadá do Muitos Carnavais foi encontrado dentro do carro guiado pelo agente penitenciário



O agente penitenciário disse que não sabia que o carro era roubado. Segundo ele, o veículo foi adquirido do irmão de um porteiro de Parnamirim, onde Thiago cavalcanti morou durante um período. O agente disse que pagou R$ 30 mil pelo carro, modelo 2009, e que havia recebido facilidades por parte do irmão do porteiro, que flexibilizou o pagamento e, desde que o dinheiro foi repassado, nunca mais teve informações sobre o suposto antigo proprietário.


Atualmente, Thiago Cavalcante, que é natural da Bahia e mora há vários anos no Rio Grande do Norte, estava lotado no Presídio Federal de Mossoró. Além de responder pelas infrações trânsito, ele também vai ser investigado por suposta receptação de carro roubado.

Emanuel AmaralInspetores da PRF encontraram uma garrafa de vodka vazia dentro do veículo apreendido
Inspetores da PRF encontraram uma garrafa de vodka vazia dentro do veículo apreendido




Por volta de 10h manhã de hoje os agentes da PPF ainda mantinham Thiago

Cavalcante Oliveira no posto da PRF na BR 101. Segundo o agente Nunes 
Neto, a intenção da PRF é que as interrogações possam revelar 
informações da quadrilha que está envolvida na venda do Corolla. A culpa
do agente penitenciário no esquema não pode ser descartada, já que o 
veículo vale em torno de R$ 50 mil e não R$ 30 mil, como Thiago revelou 
ter pago. 



"Estamos tentando chegar na origem do problema porque pelo que
parece, carros roubados aqui no Rio Grande do Norte são levados para a 
Paraíba e os carros roubados lá são vem para cá", explicou o agente.



A PRF informou que o caso será levado para a Polícia Federal já que Thiago é Servidor Público. A Delegacia de Furtos e Roubos da Paraíba só será acionada na 
segunda-feira (14) porque não há escala de plantão na unidade durante o 
fim de semana.
Postar um comentário