REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Barrão Traficante foragido da cadeia publica foi preso em casa na manhã de hoje


Reportagem www.ocamera.com.br Policiais da delegacia especializada de furtos e roubos prenderam na manhã de quinta feira 17 de novembro de 2011, um elemento acusado de trafico de drogas e que estava foragido da cadeia publica "Juiz Manoel Onofre de Souza" em Mossoró. Bruno Ricardo da Silva Melo, "Barrão" de 24 anos de idade, foi preso em casa na favela do conjunto Vingt Rosado, onde estava morando e traficando ha. cerca de 5 meses. Os policiais foram informados da presença de pessoas traficando drogas  e resolveram montar campana no local. Por volta de 5 horas da manhã resolveram invadir e encontraram a droga em cima de uma mesa da residência. A mulher de barrão também foi conduzida para a delegacia de plantão, juntamente com o marido. A mesma disse ao delegado que não sabia que o homem com quem estava junta ha. 2 meses era traficante e nem usuário de droga. Os agentes encontraram dentro da residência, 7 trouxinhas de maconha, prontas para serem entregues, um tablete com aproximadamente 40 gramas, que ainda iria ser fatiado, 21 reais em dinheiro fracionado, um coturno, 3 aparelhos de TV sendo e um de LCD. Os agentes acreditam que as TV's e  o coturno "Barrão" recebia como moeda de troca por entorpecentes. Barrão estava preso na cadeia publica de Mossoró, acusado de trafico de droga e no inicio do ano passado conseguiu fugir em companhia de mais 11 presos, que aguardavam julgamento. Segundo os agentes que efetuaram a prisão de "Barrão" na manhã de hoje, o mesmo é considerado um clinico geral, traficava e assaltava e antes de ser preso há cerca de  3 anos, era considerado o terror do bairro barrocas. Barrão deverá ser conduzido de volta para a cadeia publica de Mossoró. O delegado de plantão informou que estava ouvindo a mulher de “Barrão’, a mesma deverá ser flagranteada por associação ao trafico de drogas”.

          ╝Trafico de drogas é um dos crimes que destrói a família╝ o traficante, este ser depreciável digo sem dúvida alguma que são o braço direito  do ante cristo aqui na terra deveriam ser tratados diferentemente dos outros crimes. Poderia comentar uma semana sobre as mazelas deste vício só que o buraco é mais embaixo e depende de outro setor da sociedade onde o crime organizado esta enraizado que são os políticos, existe a necessidade urgente na mudança das leis. Existe um fato positivos  a favor da  mudança da lei é que o vício atinge todas as camadas sociais só por este fato é que tenho esperança que as leis endureçam contra os traficantes de droga.  

Postar um comentário