REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

183ª Morte de forma violenta em Mossoró em 2011

   
          Reportagem www.ocamera.com.br  -  A Central de Operações da policia militar registrou mais uma morte de forma violenta na manhã de segunda feira 12 de dezembro de 2011. Marcos Alves de Araújo, “Marcos doido” 39 anos de idade, natural de Mossoró, pastorador de carros, morador da rua marechal Hermes, próximo ao mercado do bairro bom jardim, foi alvejado com nove disparos de pistola 380, e morreu na calçada de sua residência. Uma irmã de Marcos informou a polícia que dois indivíduos chegaram à residência, arrastaram o mesmo e o executaram na calçada. Marcos Doido tinha muitas passagens pela policia acusado da pratica de assaltos e envolvimento com drogas. No inicio dos anos 90 "Marcos Doido" vivia preso, alem da perda de parte da família, também perdeu a saúde, com varias passagens pelo hospital psiquiátrico, são Camilo. Peritos do itep encontraram indícios do uso de Crakc, no quartinho onde Marcos Doido, morava sozinho. Em baixo de um colchão foi localizado um cachimbo, utilizado no uso da droga. Os peritos encontraram ainda capsulas de revolver calibre 38. Marcos sempre andou armado, ele dizia que tinha medo de ser morto "Pelos caras". É possível que os elementos tenham levado a sua arma. A policia militar fez o isolamento do local do homicídio e a equipe de peritos do Itep recolheu o corpo de Marcos Doido para os procedimentos de necropsia na sede do órgão. Nota: Marcos Alves de Araujo era um dos últimos remanescentes vivos que presenciou a chegada do crack em nosso cidade. O mesmo era viciado e pedia dinheiro as pessoas para manter o vicio. Constantemente ele, em crise de epilepsia, era socorrido pelas equipes do Samu para as unidades de saude de Mossoró. Marcos Doido, rendeu muitas mateiras para as rádios, jornais e televisões que mantinham programas policiais. Nossos sentimentos a família do Marcão. 
Postar um comentário