REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

REPORTAGEM JORNAL DE FATO 25/01/2012

          Reportagem http://www.defato.com/popular.php - Ex-policiais marcam reunião para definir mobilização da categoria - Cerca de 100 ex-policiais militares que foram expulsos ou pediram afastamento nas décadas de 1980 e 1990 vão se reunir na próxima sexta-feira, 27, em Mossoró. A intenção é encontrar formas, juntamente com a Associação dos Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região Oeste (APRAM), de pressionar o Governo do Rio Grande do Norte a recontratá-los. Eles alegam que foram vítimas de perseguição e, por isso, uns desistiram e outros acabaram sendo expulsos. O Governo do Estado ainda não falou sua posição sobre esse caso. De acordo com os organizadores do movimento, a entidade que defende os direitos dos soldados da PM em Mossoró e região demonstrou apoio à categoria e vai acompanhar as negociações, cobrando o reingresso desses ex-policiais. "A gente estava fazendo tudo errado, de maneira individual. Cada um estava tentando retornar à sua maneira e agora resolvemos nos unir", explica Francisco Dantas Cardoso de Veras, um dos representantes do grupo. O movimento começou há três meses e a previsão é que seja feita uma grande mobilização nos próximos dias. A organização espera que todos os que tenham deixado a corporação de maneira arbitrária participem da mobilização. A princípio, explica Emídio Soares, outro representante, será feita uma passeata no centro da cidade e depois haverá outras atividades. O grupo afirma que tem recebido apoio de inúmeras pessoas, entre políticos da região e até oficiais da Polícia Militar, que reconhecem os maus-tratos sofridos por eles entre os anos 80 e 90. O encontro está previsto para acontecer na próxima sexta-feira, às 15h, na sede da Apram, em frente ao Segundo Batalhão de Polícia Militar, que fica no bairro Nova Betânia (zona sul). 
Postar um comentário