REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

terça-feira, 6 de março de 2012

Haviam dois baldes de água no gabinete do comando geral.

          Estivemos no QCG-Natal e protocolamos os 98 pedidos de documentos que se fazem necessários para dar entrada nos dois processos, missão cumprida. Por volta do meio dia nossa comissão representada pelos EXPMRN Raimundo, Véras, Erivam e Alcântara, fomos recebidos pelo Comandante Geral da PMRN, o Coronel Araújo que se confundiu com os baldes, disse Ele: " Eu, não posso reintegra-los e nem a governadora e quem disser ao contrario está enganando os senhores, vocês só voltam ao quadro efetivo pelas vias judiciais, se a governadora reintegrar os senhores Ela estará cometendo um crime de improbidade administrativa"  Art. 4° Os agentes públicos de qualquer nível ou hierarquia são obrigados a velar pela estrita observância dos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade no trato dos assuntos que lhe são afetos. Conforme o artigo acima ( Lei 8.429/92, conhecida como Lei de Improbidade Administrativa) a Governadora comete o crime se não nos reintegrar como também cometeu o mesmo crime quem nos excluiu sem o devido processo legal a ampla defesa e o contraditório. Outro problema é que senti na fala do comandante as palavras da governadora como se Ele já estivesse sido orientado. Eu espero sinceramente estar errado mesmo por que estaremos em breve com Ela junto com uma comissão dos vereadores da cidade de Mossoró e esperamos que Ela não seja conivente com as barbaridades cometidas por adeptos ou restos da ditadura militar que esta quase extinta dentro dos quartéis. Encontramos na DP o Cabo João Batista que representa a PMRN/Caicó que como Jadson aqui em Mossoró ele apoiou os EXPMRN daquela localidade e já estão em faze de processo judicial, nós estaremos em Caicó até quinta feira para falar com o advogado que já esta no caminho das vias judiciais. Mantendo o juramento que fis em 1986, manteremos os senhores informados de cada passo a caminho da nossa reintegração seja administrativamente ou pelas vias judiciais. Tudo que se fizer necessário e for humanamente possível será feito, mesmo com o risco de minha própria vida a nossa luta é por justiça e Ela está acima de qualquer Lei. Nos dois baldes que era para ter água no gabinete do comando geral acredito que para esfriar o movimente ai um soldado desavisado ao invés de encher os baldes com água, encheu com gasolina e saímos de lá com mais vontade de lutar mesmo por que o não nós já temos e estamos correndo buscando o sim e estamos cientes dos nossos direitos e sabemos que a melhor maneira de combater fogo é com fogo. Considero como positivo nosso dia e amanhã estaremos na Câmara Municipal de Mossoró.    


Postar um comentário