REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

FORMALIZADO DENUNCIA DE ABUSO DO GETRAM DE MOSSORÓ RN

         Primeiro o que diz a Lei em vigor: - O CTB é claro quanto a definição do uso das vias públicas, estando estes veículos em situação de emergência; 
VII - os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente, observadas as seguintes disposições:
a) quando os dispositivos estiverem acionados, indicando a proximidade dos veículos, todos os condutores deverão deixar livre a passagem pela faixa da esquerda, indo para a direita da via e parando, se necessário;
b) os pedestres, ao ouvir o alarme sonoro, deverão aguardar no passeio, só atravessando a via quando o veículo já tiver passado pelo local;
c) o uso de dispositivos de alarme sonoro e de iluminação vermelha intermitente só poderá ocorrer quando da efetiva prestação de serviço de urgência;
d) a prioridade de passagem na via e no cruzamento deverá se dar com velocidade reduzida e com os devidos cuidados de segurança, obedecidas as demais normas deste Código;
VIII - os veículos prestadores de serviços de utilidade pública, quando em atendimento na via, gozam de livre parada e estacionamento no local da prestação de serviço, desde que devidamente sinalizados, devendo estar identificados na forma estabelecida pelo CONTRAN;
Art. 29. O trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas:
Agora dos fatos:



Agora o Sr Jaime Balderrama tem o prazo aferido em Lei para as devidas providencias de sua competência e encaminhamentos, todas as vezes que procurei o Sr Jaime, gerente de Transito de Mossoró, fui bem recebido entretanto o não cumprimento do seu dever o mesmo será criminalizado por prevaricação na forma da Lei. A infração que não cometi custará todas as infrações cometidas pelos agentes de transito de Mossoró de folga ou em serviço pelo tampo em que eu me lembrar que sou uma vítima da fábrica de multas desta cidade.

Postar um comentário