REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

terça-feira, 10 de março de 2015

Embargos de declaração com clara intenção de atrasar o nosso processo.

     Pasmem, de ordem de sei la quem, o nosso processo ainda estava em poder de Doutor Pedro Cordeiro, (responsável) pela vara da fazenda pública de Mossoró-RN, graças a Deus o magistrado parece esta de passagem marcada para outra cidade, possivelmente Natal. O nosso advogado pediu o apoio de um advogado local, que nos representou e conseguiu dar mais um importante passo em nosso pleito. Estamos indo à Natal, junto com o vereador e amigo o soldado Jadson e que já se dispôs a nos acompanhar rumo a um possível e legal ato do poder legislativo. daremos em breve informações destes passos. Estamos estudando para coletivamente ajuizar processo em desfavor do referido magistrado, junto ao CNJ, temos material para isso. Outro intrigante fato em nosso processo é o motivo dos embargos de declaração empreitado contra o nosso processo pelo procurador (advogado do estado), disse em seu imundo embargos " não concordo com a justiça gratuita para esse processo" e esse é a causa do motivo do nosso processo estar engavetado em Mossoró-RN. Sábias palavras do Ministro Joaquim Barbosa "os juízes de 1ª instancia não jugam como devem por que são medrosos, comprometidos ou politicamente engajados" . Pena que não sou um bandido porque da vontade de empunhar um bela arma diante de tanta safadeza. Penso assim. Deus nos proteja.

Ai esta o nome do cidadão, advogado do Estado do Rio Grande do Norte, que deu causa e os efeitos do engavetamento do nosso processo, se, disse, se precisar interrogá-lo para saber de onde partiu essa ordem, assim o faremos. A nossa justiça, que ainda acreditamos. a nível das cortes superiores, se não cumprir a Constituição, iremos nos providenciar essas correções, já foi decido e mesmo que custe o cumprimento do nosso juramento. É melhor viver um dia como leão do que 100 dias como macaco. penso assim.
  


Postar um comentário