REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

sábado, 25 de julho de 2015

Reunião com Soldado Jadson (SD)

   ,foto de arquivo...  Bem proveitosa a reunião que tivemos agora a pouco com o Soldado Jadson (SD), em sua residencia em Mossoró RN. Vale lembrar que nossa missão nesse momento é sentar com Kelps Lima (SD) e o Governador Robinson Farias (PSD). A finalidade é um projeto de anistia que vise a reintegração dos EX PM RN, que foram excluídos da PM RN, sem o devido processo legal e sem a menor oportunidade de defesa, atos totalmente ilegais praticados contra servidores públicos, ações que a nossa Constituição não permite e que jamais prescrevem. No parecer a nós entregue por Soldado Jadson (SD) no item 4 da conclusão, que diz: "O dever de rever atos ilegais, especialmente ilegais, é de trato sucessivo, deve ser exercido a qualquer tempo e por tanto a omissão é continua, de trato sucessivo e não convalida o ato ilegal e nem conta para prazo prescricional", no  item 2 da mesma conclusão ficou bem claro " É dever do Estado rever seus atos eivados de vícios e de ilegalidades" portanto entende-se que não é nós que temos que implorar essa anulação é a partir  do conhecimento do Governador, Ele por força da Constituição DEVE, anular atos criminosos, viciados e contrario a maior Lei de uma Nação. Quando retornei ao RN em 2000, ingressei com um processo administrativo pedindo a anulação da minha exclusão, a procuradoria alegou a prescrição e negou, a pedido do procurador  corregedor na época fiz um pedido de reconsideração, ao Governo do Estado, que na época era Wilma Maia e aconselhada por Tatiana Mendes Cunha, sua assessora jurídica, teve a insensibilidade de negar, mantendo a decisão da PGE (Procuradoria Geral do Estado). Como a vida é cheia de surpresa e o mundo gira e com base nesse parecer citado acima, já achei um advogado muito bom mais sem juízo que entendeu os meus argumento e estamos a poucos dias de entrar com uma ação contra a senhora Wilma Maia pro deixar de cumprir ato de ofício (prevaricação) e isso da detenção de três meses a um ano e multa. A minha intenção é outra por que penso alguns anos à frente e essa dita cuja me prejudicou duas vezes e nunca perdi uma guerra. Minha arma é a persistência, sou motivado pela justiça e jamais irei desistir dos meus objetivos. Rui Barbosa disse " Quem não luta por seus direitos, não é digno deles", confio na justiça e se ela falhar eu não falho.   
Postar um comentário