REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Recurso a nível de 2º grau.



      Chegou as mãos do Desembargador Dilermando Mota Pereira, para que seja produzido o relatório que decidirá sobre a aceitação ou não do pareceu do Juiz daqui de Mossoró. Já posso adiantar que Ele manterá a decisão de prescrição quinquenal, proferida por Pedro Cordeiro. Seguiremos ao STJ que é o caminho natural que deverá dizer que a Constituição Brasileira é a Carta Maior e não está abaixo de um decreto ultrapassado e que é uma forma de legalizar o calote público.

     Caso o STJ seja cúmplice desse desmando de 1º grau, teremos em ultima instancia o STF Supremo Tribunal Federal que é competente para decidir sobre causas que envolve a Constituição que é o nosso caso, reafirmo, não tivemos direito a defesa e nem ao contraditório e portanto o STF deverá tornar nula as exclusões em questão. 

        Por fim, a Anistia na área administrativa anda a galope e já esta no DP3/QCG/Natal-RN,  Fé em Deus e se tudo der errado invocaremos a Lei de Talião que é "dar o castigo na mesma proporção do dano causado"  Não dormiremos enquanto a Justiça não for concretizada por quem deve executá-la de direito. Exigiremos a qualquer preço o que nos foi roubado. Deus está do lado dos Justos e como já disse nesse blog " prefiro eu, viver um dia como Leão a 100 dias como um macaco".
Postar um comentário