REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

sexta-feira, 24 de junho de 2016

APRAM - nota de repúdio à operação intocáveis.

                                                                                       APRAM - NOTA DE REPÚDIO.


   Em virtude das reiteradas operações policiais deflagradas por setores da Polícia Civil que mancham o nome da gloriosa Polícia Militar do Rio Grande do Norte, as Associações Representativas de Oficiais e Praças vêem a público repudiar a operação policial deflagrada no dia 22 de junho de 2016, na cidade de Mossoró/RN, com o objetivo de prender apenas cinco policiais militares que são suspeitos de cometerem crimes.... e segue no link acima.

   Total e irrestrito apoio as declarações do Soldado Tony, digno diretor da APRAM - Associação de Praças de Mossoró e Região, foi uma desproporcional medida, impensada e injusta a ação da Policia Civil, e aliás se a PC viesse trabalhando como se deve nós não estaríamos nessa guerra insana, os criminosos não são presos e continuam suas barbáries e não é culpa do judiciário, se o trabalho de investigação tiver todos os elementos, desde os indícios, vestígios, arma do crime e a identificação do autor, o judiciário de acordo com a Lei ruim que temos, condena e da a pena para cada crime.

   Claro que como o Soldado Tony, não concordo com "grupos de extermínio" se é que existe, prender um policial ou cinco, como foi o caso, só precisa de um telefonema para que se apresente ao Oficial de dia "militar responsável por 24 horas de serviços nos quartéis" e nada mais. Foi uma injusta agressão a imagem e a honra, houve danos materiais  e pior os filhos e mulheres dos suspeitos, presenciaram essa cara palhaçada que tais custos serão pagos com nosso dinheiro.

     Por fim, quem comemora esse mascaramento da polícia civil do Rio Grande do Norte, são aqueles que torcem para que esse caos continuem destruindo famílias, quem está festejando e com fogos são os pequenos criminosos que matam e morrem todos os dias e a PC só enxugando gelo. Quem perde com esse teatro imoral legalizado por Leis ruins, somos nós que necessitamos de segurança para ir e vir e morrer de morte natural. "Deus é injusto, pois criou sérios limites a inteligência dos homens, mas nenhuma a sua burrice." Konrad Adenauer  
Postar um comentário