REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

quarta-feira, 1 de março de 2017

VOU COMPARTILHAR UM SONHO QUE TIVE HOJE.


Sonho

Wikipédia, a enciclopédia livre. O sonho do eunuco por Jean Lecomte du Nouÿ.


     O sonho é uma experiência que possui significados distintos se for ampliado um debate que envolva religiãociência e cultura. Para a ciência, é uma experiência de imaginação do inconsciente durante nosso período de sono. Para Freud, os sonhos noturnos são gerados, na busca pela realização de um desejo reprimido.[1] Recentemente, descobriu-se que até os bebês no útero têm sono REM (movimentos rápidos dos olhos) e sonham, mas não se sabe com o quê. Em diversas tradições culturais e religiosas, o sonho aparece revestido de poderes premonitórios ou até mesmo de uma expansão da consciência.

     Para a psicanálise o sonho é o "espaço para realizar desejos inconscientes reprimidos". O pesquisador James Allan Hobson considerou "os sonhos como um mero subproduto da atividade cerebral noturna". (1) Existem duas fases do sono. A primeira é o sono de ondas lentas, em que a atividade do cérebro é baixo e, por isso, não se formam filmes em nossa mente, apenas pensamentos mais ou menos normais que passam em uma espécie de tela escura, em imagens. Já a segunda fase, é considerada de alta atividade, é chamada REM - sigla em inglês, para movimento rápido dos olhos. E é durante a fase do REM que os sonhos ocorrem, pelo menos nos adultos.
.................................................................................................................
      Acima estão as incógnitas ou suposições dos sonhos segundo a religião, ciência e a cultura, cada um em seu cada qual, segundo o que creem ou veem, não sei quem ou quais estão certos ou errados mas aconteceu assim:

     - Fui reintegrado e conduzido ao xadrez do 2º BPM-RN e lá dentro recebi a visita do comandante mas não sei quem era e, acompanhado de três soldados disse algumas palavras e ao sair determinou aos soldados que me desse um corretivo,"peia mesmo".

     Quem me conhece sabe que nunca entrei no xadrez desarmado e no sonho não foi diferente e ao sofrer o primeiro soco no estomago, reagi, arranquei o braço do soldado e o saldo foram três corpos dentro da cela.

    Terminando aquela rápida reação saí da cela com as quatro armas e acordei. O pensamento naquele momento seria terminar o que comecei e seria um terrível banho de sangue e pior ainda é que, no sonho, o ocorrido não achava errado, triste e fiquei preocupado, não por matar ou morrer mas sim por não ter cumprido minhas obrigações paternas. Freud pode está certo mas o tempo está errado. Que o Senhor nos proteja de nossa infinita ignorância.  Uma mente na qual habita o medo não há lugar pra sonho realizado Sonho é sinônimo de coragem Maria Francisca Leite 
Postar um comentário