REINTEGRAÇÃO JÁ.

                     

segunda-feira, 10 de julho de 2017

DE QUE MERECE SER CHAMADO?

   Acho lindo, mais que um pelotão de soldados, massacrados, humilhados e excluídos, das fileiras da Policia Militar do Rio Grande do Norte nas décadas de 80 e 90 e como disse; acho lindo.

    É muito bonito, mas se "bater o pé" vai sair, em sua maioria correndo, daquelas carreira de bater o o pé na bunda, como eu acho lindo. E porque essa postagem com toda essa "boniteza"?

   Quando foi cogitado quem entre nos, se; disse, se em havendo a necessidade de se armar e tomar do governo a nossa reintegração, foram apenas "menos de duas guarnições" dentre aproximados 104 soldados, humilhados até em algumas vezes na frente de esposa e filhos.

    Agora em uma reta final, decidimos para não nos tornar criminosos perante a opinião pública a legislação e Deus, baixarmos o acampamento e agir prioritariamente em outra frente, até outra deliberação, e essa frente será uma "greve de fome".

     Nessa greve de fome que já tem data e hora para iniciar, foi tão grande a surpresa pois; só apareceu um único voluntário no meio de 104 "soldados". Soldados? acho que não. Não parece a mim possível se declarar "um soldado" aquele que não dispor da própria vida por um bem maior. Não merece ser chamado de Policial Militar, aquele que jurou e esqueceu seu juramento. Onde está? "mesmo com o sacrifício da própria vida".

     Não sei do que devo chamar os senhores, com exceção do "Policial Militar" que, comigo iremos começar nossa greve de fome e sem data para terminar. Temos alguns dias para  iniciá essa missão e espero que haja dentre os senhores no mínimos mais três soldados para essa missão e só digo o seguinte: "Até sozinho se o irmão desistir eu vou iniciar a greve" preciso apenas de alguns dias para preparar terreno pois sei que se necessário for, morrerei em prol da minha missão". Deus estará comigo nessa missão. Se um homem não descobriu nada pelo qual morreria, não está pronto para viver. Martin Luther King
Postar um comentário